Dor na perna diagnosticou câncer ósseo em criança britânica de 9 anos

15/10/2012 às 10h57

Uma criança de 9 anos quase perdeu uma das pernas após médicos diagnosticarem uma dor frequente como lesão sofrida em atividades físicas ou ainda como "dores do crescimento", quando, na verdade, se tratava de um câncer ósseo. Segundo o jornal britânico "Daily Mail", Hannah Baker foi levada algumas vezes a um hospital local por seus pais para tratar da dor frequente. Inicialmente, os médicos recomendaram analgésicos para curar a dor. Somente após um exame de raios X é que foi encontrado um tumor de 22 centímetros na região da perna esquerda, próximo ao fêmur. O carcinoma foi encontrado no início de abril. Segundo a mãe de Hannah, Shim Baker, 36 anos, inicialmente os pais achavam que se tratava de uma lesão esportiva, já que a menina praticava muitas atividades físicas na escola. Entretanto, o andar diferente da garota chamou a atenção. O fêmur de Hannah foi retirado e uma prótese de titânio foi implantada, mas deverá ser trocada quando ela crescer. Segundo informações do “Daily Mail”, cerca de 450 casos de câncer ósseo são diagnosticados anualmente entre crianças e jovens britânicos com idade entre 10 e 24 anos. Deste total, cerca de cem casos são fatais. Dores sentidas com frequência em algumas partes do corpo, inchaços ou movimentos reduzidos em áreas de articulação são classificados como sintomas de câncer ósseo primário. Na maioria dos casos, apenas um exame de raios X pode indicar tumores. Fonte: http://g1.globo.com